Produtor do RBD revela que grupo era desafinado

05 de outubro de 2020 RBD Live
Músicas demoravam até 4 meses para serem produzidas
Produtor do RBD revela que grupo era desafinado

Com a volta do RBD com 4 integrantes em live no dia 26 de dezembro (Anahi, Maite, Christian e Christopher), o clima de nostalgia em torno dos Rebeldes é enorme. Por isso, estamos descobrindo muitos segredos inéditos dos bastidores! O mais recente é envolvendo o compositor italiano Max di Carlo, que  escreveu as primeiras 10 músicas do grupo.

Em entrevista ao G1, ele explicou que para sair o primeiro CD, no início teve um “certo trabalho”. “No começo, tudo foi meio caótico, muito complicado. Eram muitas pessoas diferentes e cada uma tinha sua própria opinião. Mas eu era o cara que criava as música. Outro problema é que eles não eram tão bons no começo, porque eles eram jovens, né? Eles não tinham experiência mesmo. Depois de meses de trabalho, tentando terminar as músicas, corrigir vocais desafinados, no fim saímos com um produto, com um álbum”.

“Rebelde” (2004) e “Nuestro Amor” (2005) são os títulos dos álbuns que ele se referiu.

Di Carlo ainda explicou que o seu intuito era criar uma banda latina “diferente”, com músicas com influência de rock. “Compus algumas músicas mais rock, com um conceito um pouco diferente no meu estúdio. A primeira música, claro, foi ‘Rebelde’.” Os arranjos tinham mais violão, guitarra, baixo, bateria… Eu tenho certeza que uma parte do sucesso do RBD foi por ele ser latino, mas ser bem diferente do que era a música latina. Eu sou principalmente um guitarrista, meu instrumento favorito é o violão. Tudo o que você ouve no álbum, a maioria sou eu tocando”, disse o músico.

Reveja "Nuestro Amor": https://www.youtube.com/watch?v=-2z3YwCrGMc

 

Fonte: POPLine

Foto: Latina Brasil

Milton Figueiredo

Jornalista e técnico em Gestão com ênfase em Rodeio


NEWSLETTER

Receba novidades exclusivas por email.